CearáNacionalNotícias

Campanha Papai Noel dos Correios começa a receber cartinhas

No Ceará, o evento se inicia na agência Central de Fortaleza, às 15 horas.

A Campanha Papai Noel dos Correios começou nacionalmente nesta segunda-feira (4). No Ceará, o evento se inicia na agência Central de Fortaleza, às 15 horas. A ação conta com a presença do Bom Velhinho, dos padrinhos e parceiros da ação e claro, das crianças.

As cartas recebidas estarão disponíveis para a adoção a partir da terça-feira (5), em 29 agências dos Correios no Estado. Apenas em Fortaleza serão 16 pontos, além das unidades de Sobral, Maracanaú, Caucaia, Juazeiro do Norte, Crateús, Crato, Icó, Iguatu, Jaguaruana, Maranguape, Tauá e Ubajara.

É esperado a disponibilidade de cerca de 10 mil pedidos. Os padrinhos terão até o dia 11 de dezembro para entregarem os presentes aos Correios.

Só em 2018, a campanha realizou cerca de 9.014 sonhos de Natal no estado cearense. Neste ano, os brinquedos mais aclamados pela criançada foram as bonecas (18,21%), seguido pelos carrinhos (11.89%), patins (6,85%) e bolas (6,44%).

No decorrer do Papai Noel dos Correios, as unidades receberão as cartinhas das crianças que enviaram seus desejos ao Papai Noel e de estudantes das escolas da rede pública e de instituições parceiras, como creches, orfanatos, núcleos socioeducativos e abrigos.

Desde 2010, além de incentivar a redação de cartas escritas, a campanha busca difundir os valores natalinos como solidariedade e cidadania. Ademais, outro aprendizado dos estudantes é sobre como endereçar, o uso do CEP (Código de Endereçamento Postal) e do selo postal.

Ao longo de três décadas o evento conseguiu atender a mais de 6 milhões de cartinhas.

Adoção online

O período de doação online será de 11/11 até 29/11. Serão 11 capitais possíveis para adotar cartinhas pela internet: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Cuiabá, Curitiba Goiânia, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e região metropolitana de São Paulo.

Em síntese, basta acessar o blog da campanha e apadrinhar o pedido de uma criança.

A história por trás da campanha

Todos os anos, com a chegada de dezembro, crianças de diversos cantos do Brasil começavam a enviar cartinhas para o famoso Bom Velhinho. Sensibilizados com as mensagens escritas, empregados dos correios começaram, então, a tirar do papel esses sonhos. Deu-se então o nascimento da campanha o Papai Noel dos Correios, que esse ano completa 30 anos.

Ao longo das três décadas o evento conseguiu atender a mais de 6 milhões de cartinhas.

Fonte: O Povo
Foto: Reprodução

Tags
Exibir Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estúdio Ao vivo

Abrir Rádio
Fechar