Pequim (AFP) – A China anunciou nesta sexta-feira Li Xiaopeng como novo técnico de sua seleção de futebol, substituindo Lie Tie, que entregou o cargo devido aos maus resultados da equipe nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Li Xiaopeng, ex-meia da seleção chinesa, até agora treinava o Wuhan FC, da primeira divisão chinesa, e curiosamente fez parte da seleção que participou da Copa do Mundo de 2002, a única que a China disputou na história, junto com Lie Tie. Depois de perder por 3 a 2 para a Arábia Saudita em outubro, a seleção chinesa empatou com Omã e Austrália, resultados que comprometeram muito a classificação do país para a Copa do Catar no próximo ano, já que ocupa a 5ª colocação de seu grupo (composto por 6 seleções) e apenas os dois primeiros colocados se classificam para o Mundial. Li Tie, de 44 anos, ex-astro do Everton, também foi acusado de se aproveitar de sua posição para promover produtos nas redes sociais. Ele assumiu o cargo de treinador há dois anos no lugar do italiano Marcello Lippi.