Barcelona (AFP) – O Barcelona anunciou nesta quarta-feira a renovação do contrato do jovem Ansu Fati até junho de 2027, logo após a vitória por 1 a 0 sobre o Dinamo de Kiev pela Liga dos Campeões. O atacante do Barça, tal como aconteceu há poucos dias com Pedri, terá uma cláusula de rescisão de 1 bilhão de euros (1,160 bilhão de dólares), informou o Barça. O jovem jogador assinou o novo vínculo na sede do clube espanhol, logo após o jogo contra o adversário ucraniano. Fati, que completa 19 anos no final de outubro, é um dos pilares da renovação geracional do clube catalão, com a qual vem batendo recordes precoces. Em 2019, aos 16 anos e 298 dias, tornou-se o segundo jogador mais jovem da história do Barça a fazer a sua estreia na equipe principal. Pouco depois, em 31 de agosto de 2019, ele se tornou o jogador mais jovem a marcar um gol no Campeonato Espanhol pelo Barcelona. Também foi o estreante mais jovem do Barça na Liga dos Campeões, aos 17 anos e 40 dias, marcando o gol da vitória por 2 a 1 contra o Inter de Milão em 10 de dezembro de 2019.