A gigante chinesa das telecomunicações Huawei qualificou de “arbitrária e perniciosa” as mais recentes medidas do governo americano. A empresa disse que haverá consequências para um grande número de indústrias no mundo.

O governo de Donald Trump anunciou na semana passada uma série de medidas para restringir a capacidade do grupo chinês.

O departamento do Comércio anunciou que se concentraria “específica e estrategicamente na aquisição de semicondutores por parte da Huawei que são um produto direto de certos softwares e tecnologias americanas”.

Segundo Washington, a Huawei conseguiu contornar as sanções anteriores recorrendo a fornecedores de chips e componentes em outras partes do mundo, mas que são fabricados com tecnologia americana.
O governo Trump considera a Huawei uma ameaça à segurança nacional.

A companhia é uma das principais fabricantes de celulares do mundo. Também fornecedora de equipamentos de infraestrutura para telecomunicações, que os Estados Unidos acusam de ter roubado segredos industriais e ajudado Pequim em tarefas de espionagem.

Confira a matéria:

Foto: AFP