Jogadores do Manchester City celebram gol do belga Kevin De Bruyne na partida contra o Borussia Monchengladbach, pela Liga dos Campeões | AFP

O Manchester City repetiu o placar do primeiro encontro com o alemão Borussia Mönchengaldbach ao vencer por 2 a 0, nesta terça-feira, na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, e com este resultado avança à próxima fase.

Atuando novamente na Puskás Arena, em Budapeste, na Hungria, local do jogo de ida por conta das restrições de combate à covid-19, os ingleses construíram a vitória no primeiro tempo, com atacante belga De Bruyne balançando as redes aos 12 minutos e o volante alemão Gündogan ampliando logo em seguida (18).

No primeiro confronto, a equipe de Manchester estabeleceu a vantagem com gols do atacante brasileiro Gabriel Jesus e do meia português Bernardo Silva.

Vinte minutos e dois gols

Na capital húngara, se o Mönchengaldbach, que ocupa a 10ª posição no Campeonato Alemão, tinha alguma esperança de classificação, ela começou a ir por terra nos minutos iniciais deste confronto.

Depois do atacante Foden obrigar o goleiro suíço Yann Sommer a espalmar uma bola que tinha endereço certo, no minuto 6, pouco depois De Bruyne recebeu um passe açucarado de Mahrez na entrada da área e soltou uma bomba de esquerda para estufar a rede adversária, marcando o gol de número 100 do City nesta temporada (12).

E não demorou muito para vir o golpe de misericórdia da equipe da cidade de Manchester. Em um contra-ataque em velocidade puxado por Phil Foden, Gündogan recebeu na entrada da área e tocou na saída de Sommer (18).

De Bruyne poderia ter dado aos mandantes do confronto uma vantagem ainda maior antes do intervalo, quando, em uma cobrança de falta, obrigou Sommer a fazer uma grande defesa (35).

Com tudo decidido no primeiro tempo, as duas equipes diminuíram o ritmo, e os lances de perigo não surgiram na etapa final.

Graças a este resultado, o líder do Campeonato Inglês passa para a próxima fase do torneio continental ao lado de Liverpool, PSG, Borussia Dortmund, Porto e Real Madrid, que também jogou nesta terça e derrotou a Atalanta por 3 a 1.

As duas últimas vagas serão definidas nesta quarta, quando o Bayern de Munique recebe a Lazio, após vitória de 4 a 1 para os alemães, e o Chelsea joga em casa com o Atlético de Madrid, depois de vencer por 1 a 0 na Espanha.

Ficha técnica da partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões:

Manchester City – Borussia Mönchengladbach 2 – 0 (2-0 na ida)
Estádio: Puskás Aréna (Budapeste)
Público: sem público
Árbitro: Sergei Karasev (RUS)
Gols: Manchester City: De Bruyne (12), Gündogan (18)
Cartões amarelos: Manchester City: Cancelo (55), Fernandinho (82)
B. Mönchengladbach: Lainer (61)
Equipes:
Manchester City: Ederson – Kyle Walker, John Stones, Rúben Dias (Aymeric Laporte 70), Joao Cancelo (Oleksandr Zinchenko 64) – Bernardo Silva (Sergio Agüero 75), Rodrigo Hernández (Fernandinho 63), Ilkay Gündogan (Raheem Sterling 70), Kevin De Bruyne (cap) – Riyad Mahrez, Phil Foden. T: Josep Guardiola.

B. Mönchengladbach: Yann Sommer – Stefan Lainer, Matthias Ginter, Nico Elvedi (Tony Jantschke 88), Rami Bensebaini (Oscar Wendt 88) – Denis Zakaria, Lars Stindl (cap) (Ibrahima Traoré 80) – Jonas Hofmann, Florian Neuhaus – Breel Embolo (Hannes Wolf 65), Marcus Thuram (Alassane Pléa 65). T: Marco Rose.

AFP