EstadualMobilidadeNotíciasPolícia
Últimas notícias

Ceará vive dias de terror

Ataques de facções criminosas continuam nessa sexta

Fortaleza, algumas cidades da Região Metropolitana e mesmo do interior do estado registraram mais uma noite de ataques promovidos por facções criminosas. De acordo com informações do Jornal Diário do Nordeste, já foram mais de 40 ocorrências nas últimas 48 horas:

1- Incêndio a coletivo no bairro Edson Queiroz

2- Incêndio a coletivo no bairro Parque Santa Rosa.

3- Explosão em viaduto próximo ao bairro Metrópole, em Caucaia.

4- Incêndio a topic em Caucaia. Na rua 114, no Conjunto Planalto Caucaia.

5- Incêndio a 6 veículos em Horizonte.

6- Artefato inflamável em posto de combustível no bairro Damas.

7- Tiros em agência bancária no bairro Otávio Bonfim.

8- Danos a câmeras de videomonitoramento no bairro Barra do Ceará.

9- Danos a câmeras de videomonitoramento no bairro Bom Jardim.

10- Ataque a fotossensor no bairro Moura Brasil.

11- Ataque a fotossensor no bairro Messejana.

12- Ataque a fotossensor em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.

13- Ataque a semáforo no bairro Quintino Cunha.

14- Ataque parcial a ônibus no bairro Bonsucesso, segundo o Sindiônibus.

15- Ataque parcial a ônibus no bairro serrinha, segundo o Sindiônibus.

16- Incêndio a outro coletivo no bairro Parque Santa Rosa.

17- Incêndio a coletivo no bairro Barroso

18 – Incêndio a coletivo no bairro Mucuripe

19 – Ataque a ônibus no Castelão

20 – Ataque a ônibus no Planalto Airton Senna

21 – Van incendiada no Sítio São João, grande Messejana

22 – Ônibus de empresa de fretamento queimado na rua Santa Philomena, no Henrique Jorge

23 – Caminhão de lixo incendiado. O fogo também atingiu um carro pequeno, em Messejana

24 – Ataque a concessionária no bairro Papicu

25 – Explosão de carro durante incêndio de veículos no 27º Distrito Policial

26 – Tentativa de incêndio a veículos no 8º Distrito Policial

27 – Agência da Caixa Econômica incendiada na Francisco Sá

28 – Agência bancária do Bradesco metralhada na Pontes Vieira

29 – Loteria tem tentativa de incêndio no Jardim Iracema

30 – Prédio do Detran foi atacado

31 – Carro com explosivos apreendido e cruzamento interditado na Barra do Ceará

32 – Posto de combustível atacado no Conjunto Palmeiras

33 – Agência da Caixa Econômica incendiada na Pajuçara

34 – Ataque contra Palácio Municipal da Prefeitura de Maracanaú

35 – Agência do Bradesco de Caucaia atingida por tiros

36 – Suspeito morto ao tentar destruir radar no Eusébio

37 – Tentativa de incêndio a veículos do 24º Distrito Policial, em Pacatuba

38 – Ônibus escolar incendiado em Tianguá

39 – Centro Cultural de Pindoretama incendiado

40 – Incêndio a ônibus no Bom Jardim

41 – Trator incendiado em Canindé

42 – Caminhão incendiado em Canindé

43 – Ônibus escolares e caçamba incendiados em Morada Nova

44 – Ônibus incendiado em Jaguaruana

45 – Ônibus escolar e caminhão incendiados em Piquet Carneiro

46 – Cabine do Sindiônibus incendiada em Fortaleza

47 – Prédio do INSS e Fórum de Morrinhos atacado

48 – Prédio da Prefeitura de Aracoiaba atacado

49 – Fotossensor incendiado em Juazeiro do Norte

Diante desse cenário, o governador Camilo Santana informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que todas as medidas estão sendo tomadas em relação às recentes ações criminosas registradas no Ceará.

Ainda segundo o governador, as forças de segurança do estado (Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros) estão agindo para coibir as ações dos criminosos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), até a tarde desta quinta (04), nove pessoas foram autuadas e outras três estão sob investigação.

O governador afirmou que “estive reunido com toda a cúpula da segurança pública e sistema penitenciário e reforcei minha determinação de continuar agindo com todo o rigor e dentro da lei para coibir as ações criminosas e estabelecer o total controle das unidades prisionais, conforme todo o planejamento que já vem sendo feito no Ceará”.

Também foram anunciadas pelo governador três medidas adicionais para reforçar a segurança pública:

1. A nomeação imediata da turma de 220 novos agentes penitenciários, antes prevista para março;

2. A imediata nomeação dos 373 novos policiais militares, já formados, para atuação nas ruas;

3. A solicitação de apoio do Governo Federal, através do reforço de homens da Força Nacional de Segurança, Exército e Força de Intervenção Integrada (FIPI), para trabalhar em conjunto com os profissionais cearenses.

Ainda na manhã de ontem, Camilo Santana entrou em contato com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, a fim de obter ajuda das Forças Nacionais do Governo Federal para o combate às organizações criminosas. O ministro, por sua vez, decidiu que só enviará tropas da Força Nacional ao Ceará se houver “deterioração” da segurança no estado. Moro determinou à Polícia Federal, à Polícia Rodoviária Federal e ao Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) que tomem as “providências necessárias” para ajudar a conter a onda de violência no estado.

Confira a íntegra da nota oficial do Ministério da Justiça e Segurança Pública:

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, determinou, nesta quinta-feira (3/1), à Polícia Federal, à Polícia Rodoviária Federal e ao Departamento Penitenciário Nacional que tomem todas as providências necessárias para auxiliar o Estado do Ceará no combate aos atos de violência ocorridos ao longo do dia. A decisão visa dar apoio imediato ao estado, solicitado pelo governador Camilo Sobreira de Santana.

Os órgãos atuarão na investigação e repressão aos crimes registrados, incluindo a disponibilização de vagas no Sistema Penitenciário Federal. O ministro Moro sugeriu ainda ao Governo do Estado a formação de um gabinete de crise, com a integração das Forças Polícias Federais e Estaduais.

Além disso, a Força Nacional foi mobilizada para se deslocar ao estado em caso de deterioração da segurança”.

Porém, informações atualizadas divulgadas pelo jornal Diário do Nordeste na manhã desta sexta (04) dão conta que agentes da Força Nacional de Segurança Pública já estão a caminho de Fortaleza. A informação foi confirmada pelo Coronel Antônio Aginaldo de Oliveira, que assumirá a direção do departamento ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Segundo o Coronel Aginaldo, o ministro Sérgio Moro atendeu o pedido do governador Camilo Santana e autorizou o envio para o Ceará das tropas que estavam no Rio Grande do Norte e em Sergipe. “Chegam até o final do dia”. Um outro efetivo deve partir para a Capital Federal na noite desta sexta. “Em princípio, serão 300 homens até domingo ou, no mais tardar, segunda-feira”, garantiu. O trabalho da Força Nacional será executado a partir do planejamento realizado pela Secretaria de Segurança Pública do Ceará.

Além dos ataques de rua, motins nas prisões também foram registrados, como na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) III, em Itaitinga, na Grande Fortaleza, durante a tarde desta quinta-feira (03). As informações dão conta que os presos se rebelaram contra a superlotação e uma vistoria inesperada no presídio. Ainda não há confirmação se o motim tem relação com a série de ataques a ônibus e equipamentos públicos e privados na capital.

Em entrevista à imprensa, a nova presidente do Conselho Penitenciário (COPEN), Ruth Leite, disse que os internos se revoltaram após saber de uma determinação para intensificar a apreensão celulares. “É uma ordem expressa do novo secretário para todas as unidades intensificarem as buscas por aparelhos celulares. O motim começou pelo que sei por essa pressão (busca de celulares), mas associado também a superlotação. Os presos não querem retornar para as celas devido a quantidade de presos dentro das celas. Mas, a notícia que me chega é que está controlado, embora a movimentação no complexo esteja intensa”.

O que se sabe é que os ataques das facções seriam uma reação ao discurso do novo Secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque. Na última quarta-feira (02), ele afirmou que não reconhece o poder das facções nas cadeias e que presos têm de ir para onde há vagas e não para os presídios dominados por grupos específicos do crime organizado. Desde 2016 as cadeias no Ceará são divididas por facções.

O portal R7, inclusive, registrou fotos de cartas dos criminosos deixadas nos locais dos ataques como forma de ameaçar o governo do estado. “Se o senhor (governador Camilo Santana) não rever esta situação, iremos parar o estado, explodindo pontes, viadutos, linha do trem e metrô”. Esse trecho é de carta com data de 23 de dezembro de 2018 e direcionada a “todos os criminosos”. Em outra carta, os criminosos supostamente reiteram as ameaças: “isso é apenas uma mostra do que vai acontecer se os senhores ‘vinher’ querer oprimir os nossos irmãos que se encontram privados”.

Em outro momento, o texto é voltado para “todos os criminosos” onde é pedido uma trégua na rivalidade: “pedimos a todos os criminosos uma trégua a nossos inimigos imundos e vamos brigar contra o estado, contra esta opressão que está para vir para o Estado do Ceará”.

A Secretaria de Segurança Pública do Ceará não confirmou a veracidade das cartas e informou que “elementos da investigação não serão detalhados”.

O que se sabe é que nos últimos anos as facções criminosas se instalaram no Estado por encontrar um cenário de certa forma favorável. O tráfico de drogas é um dos principais vetores para isso. O que fazer diante desse cenário é que é o grande desafio das autoridades. Como reprimir o crime sem tornar a cidade um caos para os seus moradores, constantemente ameaçados?

Para responder essas e outras questões, o programa Siará Notícias recebeu a presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB-Região Metropolitana, Débora Lima.

Confira o programa na íntegra:

SIARÁ NOTÍCIAS 04.01.2019

As principais notícias do Ceará, Brasil e Mundo. Apresentação de @eduardocallegary

Posted by Rádio Siará News on Friday, January 4, 2019

 

Com informações do Diário do Nordeste e Portal R7.

Exibir Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Rádio
Fechar
Fechar